News Ticker

Menu

O QUE ESTUDAR PARA CONCURSOS 2012

Você que almeja sucesso na cerreira profissional este ano deve ficar atento a algumas dicas e sugestões de pessoas experientes no assunto como é o Caso de Lia Carneiro uma experiente profissional que sabe tudo sobre concursos e como se preparar para o ano de 2012.



O ano de 2012 tem algumas "promessas" de concursos e outros previstos. O edital para o INSS, por exemplo, deve sair em 23 de dezembro, segundo o ministro da Previdência Social. Mas, tratando-se de concursos públicos, previsão é assunto perigoso, porque há diversos fatores que podem interferir no andamento até a publicação do edital. Por isso, o mais interessante não é estudar para um concurso específico, mas para uma área. Desta forma, o candidato pode se preparar para diversas oportunidades que surgirem, dependendo apenas de alguns ajustes e/ou acréscimos quando o edital for publicado.
Além do INSS, há diversos outros concursos aguardados, que podem sair em 2012. Alguns, até mesmo nos últimos meses de 2011. Isso porque há expectativas e necessidades na administração pública que precisarão ser atendidas, mais cedo ou mais tarde. Vale lembrar que os grandes eventos internacionais esperados para os próximos anos exigirão que o país esteja preparado para atuar com eficiência, principalmente nas áreas de segurança, e licenciamento, controle e fiscalização de obras públicas, para citar algumas.
Vale destacar a importância de acompanhar o andamento de etapas que ocorrem antes da publicação do edital, o que ajuda a compreender se os rumores sobre algum concurso são ou não fundamentados.
Para abrir um concurso, em primeiro lugar, o órgão precisa solicitar autorização para o preenchimento das vagas. Em seguida, o Ministério do Planejamento (para concursos federais; ou órgão correspondente, para concursos estaduais ou municipais) autoriza as vagas e isso pode acontecer em quantidade menor do que a solicitada.
A partir daí, é escolhida (normalmente por licitação) a instituição que realizará o concurso e será responsável pelas provas. Depois disso, o edital é elaborado e publicado. Tudo isso pode sofrer atrasos por questões burocráticas ou políticas, como foi a determinação da suspensão dos concursos do executivo federal ocorrida em 2011.
Veja abaixo um levantamento de concursos esperados para 2012, divididos por área.

Previdência
INSS - a autorização acaba de sair para 1.500 vagas de nível médio e 375 para perito médico. Segundo o ministro Garibaldi Alves, o edital será publicado no dia 23 de dezembro.
Prepare-se para área: quem pretende se candidatar a uma das vagas de nível médio no INSS já deve começar a preparação, com base no edital anterior (2008). As disciplinas básicas sugeridas são: português, raciocínio lógico, informática, atualidades e matemática, que caem em diversos concursos de nível médio. Além dessas matérias, foram cobradas: ética, noções de direito administrativo e previdenciário. Veja mais detalhes em coluna anterior.

Segurança

Polícia Federal
 - conforme informações da página oficial da PF, há pedido para abertura de concurso protocolado desde 2010, ainda aguardando autorização, para 381 vagas de agente administrativo (nível médio), 396 vagas de agente de Polícia Federal, 116 vagas de papiloscopista, 150 vagas de delegado e 362 de escrivão. Os salários seriam de R$ 3.114,17 para os cargos da carreira administrativa (nível médio), R$ 13.368,68 para os cargos de delegado e R$ 7.514,33 para agente, escrivão e papiloscopista.
Polícia Rodoviária Federal – O concurso de 2009, que previa 750 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, organizado pela Funrio, foi suspenso por suspeita de irregularidades. Recentemente, foi firmado acordo extrajudicial entre a PRF e a Funrio, que permitirá a continuidade do concurso, mas a PRF aguarda agora a disponibilidade orçamentária do governo federal. O significativo aumento da frota nacional e da população, agravado pela carência de policiais nas estradas, causa problemas de segurança e fiscalização exaustivamente noticiados. Por isso, é razoável prever que novos concursos para a PRF precisarão acontecer sem demora.
Prepare-se para a área: os concursos federais da área de segurança têm conteúdo programático extenso e a preparação requer tempo. Para isso, os candidatos interessados devem iniciar os estudos a partir das matérias básicas comumente cobradas para os cargos que exigem nível superior: português, direito constitucional, direito administrativo, direito penal, direito processual penal, raciocínio lógico, informática. Para agente da PF, o edital de 2009 cobrou ainda atualidades, leis específicas, contabilidade, administração e economia.
Já no caso dos concursos de nível médio, as matérias mais comuns não diferem muito do que é cobrado em outras áreas: português, informática, direito constitucional e direito administrativo. Em alguns casos, também atualidades e raciocínio lógico. Veja mais dicas em coluna anterior.

Petróleo e gás

Petrobras 
– A empresa pretende contratar 14 mil empregados nos próximos 5 anos e planeja fazer 2 seleções por ano, em média, conforme declarações de José Sérgio Gabrielli, presidente da empresa. É fato que a Petrobras vem realizando concursos ao menos uma vez por ano, nos últimos 5 anos, com vagas distribuídas por todo o país. São oferecidas, muitas vezes, mais de mil oportunidades no ano, entre cargos de nível médio e superior.
Prepare-se para a área: os conhecimentos básicos para os cargos de nível médio são português e matemática, e para os de nível superior, português e inglês. Mas são os conhecimentos específicos que pesam mais na prova, e variam de acordo com o cargo pretendido. Veja mais em coluna anterior.

Bancária
Banco do Brasil – costuma fazer de 2 a 3 seleções por ano, com oportunidades em todo o país. Para a capital paulista, Grande São Paulo e interior de São Paulo, a previsão é que seja feito concurso ainda no primeiro semestre de 2012, conforme assessoria da instituição.
Caixa Econômica Federal – ampliará seu quadro de funcionários em 5 mil novos postos de trabalho até 31 de dezembro de 2012. Para isso, vai realizar novo concurso público no ano que vem e também utilizará aprovados no cadastro de reserva de concursos anteriores (2010) ainda válidos. Há também cargos de nível superior para advogado, arquiteto e engenheiro.
BNDES – desde 2004, vem realizando concursos anuais, com vagas para cargos de nível médio e superior para formações específicas. Há previsão de novo concurso em 2012.
Banco Central - aguarda autorização do Ministério do Planejamento para abertura de vagas para os cargos de técnicos (nível médio) e analistas (nível superior), com remunerações iniciais de R$ 5.221,28 e R$ 13.264,77, respectivamente. Em razão do elevado número de aposentadorias esperadas, o concurso torna-se prioritário.
Prepare-se para a área: o conteúdo programático cobrado para BB e CEF é semelhante e não tem sofrido alterações nos últimos editais, o que é uma excelente vantagem para o candidato se preparar com antecedência. Basicamente, português, atualidades, matemática (com pontos de estatística e matemática financeira), informática, conhecimentos bancários e legislações específicas do banco. Geralmente há pequenas variações entre os editais dos dois bancos.
Para o BNDES, o conteúdo cobrado não tem sofrido alterações significativas nos editais mais recentes. Os candidatos a cargos de nível médio podem estudar português, língua estrangeira –inglês ou espanhol-, matemática (inclui estatística, noções de contabilidade, matemática financeira e raciocínio lógico), atualidades, conhecimentos específicos do BNDES (legislação) e redação. Já quem almeja conquistar um cargo de nível superior os conhecimentos básicos são português e língua estrangeira; os específicos variam conforme o cargo.
No Bacen, o candidato a cargo de nível médio pode iniciar o estudo pelas matérias comuns: português, atualidades, raciocínio lógico, direito constitucional e direito administrativo. No concurso de 2009, os cargos da área administrativa exigiram também conhecimentos de contabilidade, gestão de pessoas e gestão de recursos materiais; para a área de segurança foi cobrado conhecimento de teoria e normas de segurança, além de legislação própria da atividade.
Para os cargos de analista, que exige graduação de nível superior em qualquer área, os conhecimentos gerais constam de português, direito constitucional, direito administrativo, raciocínio lógico, inglês, sistema financeiro nacional e economia. Os conhecimentos específicos variam conforme a área escolhida. Veja mais em coluna sobre a área bancária.

Fiscalização
Receita Federal – há pedido de 4 concursos anuais a partir de 2012, com muitas vagas para auditor fiscal, analista tributário, assistente técnico administrativo nível médio e, ainda, assistente técnico administrativo nível superior. Há expectativa também de concursos para a área fiscal de estados e municípios.
Prepare-se para a área: a preparação para auditor fiscal é extensa e, obrigatoriamente, precisa ser feita com antecedência. As matérias básicas iniciais podem ser: português, direito constitucional, direito administrativo, direito tributário, contabilidade, matemática financeira e estatística. Em seguida, pode-se incluir o estudo do direito civil, penal, empresarial, administração pública, administração financeira e orçamentária, finanças públicas, economia, auditoria e raciocínio lógico. Com a proximidade de um ou outro edital, seriam incluídas as específicas relacionadas àquela esfera de fiscalização (receita federal, ICMS ou ISS). Veja mais detalhes em coluna anterior.

Jurídica


Tribunais - há concursos previstos em diversas esferas.

Prepare-se para a área: para quem pretende concorrer a vagas de nível médio, matérias como português, direito constitucional, direito administrativo, informática, raciocínio lógico e arquivologia formam uma boa base a ser complementada a partir da proximidade de um edital específico. Para cargos de analista (nível superior), o grupo de matérias é mais extenso e pode variar de um tribunal para outro. Mas o estudo de português, direito constitucional e direito administrativo deve ser o ponto de partida. Disciplinas como informática, raciocínio lógico, direito civil e processual civil, direito penal e processual penal também costumam estar presentes nos editais da área. Veja mais detalhes em coluna sobre o tema.

Meio ambiente

Ibama e Instituto Chico Mendes 
– tramita no Senado o projeto de lei 60/2011, já aprovado na Câmara, que cria mil novos cargos de analista no Ministério do Meio Ambiente a serem distribuídos entre o Ibama e o Instituto Chico Mendes (ICMBio). Vale ressaltar que o Ibama é responsável pelo licenciamento ambiental das obras do PAC, prioridade do governo, e isso ganha contornos mais urgentes com a proximidade dos grandes eventos internacionais que serão realizados no país.
Além disso, o Rio vai sediar também a Rio+20, evento que debaterá a agenda do desenvolvimento sustentável para os próximos anos, trazendo à pauta a questão da conservação do meio ambiente (área de atuação do ICMBio). Com tudo isso acontecendo, imagina-se que o MMA precisará ser aparelhado para que o país possa responder às demandas do setor.
Prepare-se para a área: Como de praxe, o estudo antecipado inclui disciplinas básicas cobradas em quase todos os concursos: português, direito constitucional, direito administrativo e informática. Além disso, é importante adiantar o estudo da legislação federal referente aos tópicos mais relevantes da área. Veja mais dicas em coluna sobre o tema.

Compartilhe:

Dicas de Hoje

I'm Dúvidas e sugestões utilize os comentários do blog

Comentários
0 Comentários

No Comment to " O QUE ESTUDAR PARA CONCURSOS 2012 "

  • To add an Emoticons Show Icons
  • To add code Use [pre]code here[/pre]
  • To add an Image Use [img]IMAGE-URL-HERE[/img]
  • To add Youtube video just paste a video link like http://www.youtube.com/watch?v=0x_gnfpL3RM